| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Unorp Notícias
Desde: 23/10/2001      Publicadas: 35      Atualização: 15/11/2001

Capa |  Cidades  |  Cultura  |  Economia  |  Esporte  |  Informática  |  Internacional


 Cidades

  29/10/2001
  0 comentário(s)


Educação promete abrir 500 vagas em creches até dezembro

A Secretaria Municipal de Educação pretende criar até 2003 vagas suficientes para cobrir uma demanda de aproximadamente 3 mil crianças inclusas na lista de espera das creches, de acordo com as primeiras estimativas levantadas pelo órgão, em conjunto com a Secretaria de Planejamento.

A Secretaria Municipal de Educação pretende criar até 2003 vagas suficientes para cobrir uma demanda de aproximadamente 3 mil crianças inclusas na lista de espera das creches, de acordo com as primeiras estimativas levantadas pelo órgão, em conjunto com a Secretaria de Planejamento. O primeiro passo, neste sentido, seria o de abrir, até dezembro deste ano, 500 novas vagas com a inauguração de duas creches.
A idéia é sustentada pela possibilidade de economia de recursos destinados a manutenção de creches pelo município. A Educação gasta mensalmente com despesas mensais de cada unidade mantida pela prefeitura R$230 mil, enquanto que pelo sistema de parcerias são atribuídos aos mesmos custos R$130 mil.
O secretário interino de Educação, Orlando Bolçone, avaliou que somente com parcerias os cofres municipais poderão sanar a defasagem de vagas. Segundo seu raciocínio para atender integralmente toda a demanda seria necessário construir 25 novas unidades, com investimentos na ordem de R$10 milhões, referente a metade do orçamento total da prefeitura previsto para o setor de construções.
"Não há condições de parar todas às obras da administração para atender somente a Educação, por isso, vamos discutir a possibilidade de ampliar vagas com parcerias, desta forma, não há necessidade de construir creches porque os alunos serão atendidos nos prédios de entidades religiosas ou ongs que terão todas às despesas cobertas pela prefeitura para exercerem esta função", argumentou Bolçone.
Pelo sistema de terceirização são custeados pela Educação R$120,00 por aluno, deste total, a instituição/parceira recebe R$70,00 para o setor de Recursos Humanos e R$50,00 para o fornecimento de materiais pedagógicos, de limpeza e manutenção em geral.
Rio Preto, possui 38 creches, destas cinco são municipais e o restante parceirizadas tanto de forma integral como parcial, sendo atendidas 5.555 crianças de zero a três anos. Já na faixa etária de quatro a 6 anos estão matriculados nos chamados Jardim I, Jardim II e Pré-Escola 9.679 alunos.
Promessa é de investir R$ 1,9 mi no setor no ano que vem. Segundo informações do secretário Orlando Bolçone, serão investidos no ano que vem cerca de R$1,9 milhão, destinados à ampliação de creches e EMEIS (Escolas Municipais de Ensino Infantil). Com isto, a secretaria pretende criar mil vagas em 2002 e com medidas futuras criar outras 1,5 mil vagas entre os períodos de 2003/2004, visando sanar o índice atual de 3mil crianças sem creche.
A meta da Educação é gerar meios de alfabetização nos próximos anos, Bolçone, citou o caso de acomodações precárias de algumas escolas. "No início deste governo, 1,2 mil alunos estavam fora da escola, resolvemos absorvê-las mesmo no pátio, preferimos isto a deixá-las sem estudar. Na década de 60, o então governador de Pernambuco Miguel Arraes, permitiu que muitas pessoas fossem alfabetizadas em baixo de árvores. Mesmo não sendo a solução é um alternativa de avanço que um administrador pode optar diante das circunstâncias", justificou.
  Autor: Leda Nascimento


  Mais notícias da seção Educação no caderno Cidades
29/10/2001 - Educação - Educação abriu licitação para compra de 25 microônibus
A secretaria de Educação abriu licitação para compra de 25 microônibus que serão destinados ao transporte de alunos da rede municipal e de aproximadamente 300 estudantes da zona rural. ...
29/10/2001 - Educação - A educação em tempos de guerra
Este está sendo um momento crucial para a educação, onde a formação de seres humanos com capacidade, esta sendo comprometida. Em salas de aula, as divergências interpessoais devem ser mostradas e aceitas, porque elas bem mostradas incentivam o crescimento interior, uma das soluções para isto seria estimular a visão holística das crianças, onde será...



Capa |  Cidades  |  Cultura  |  Economia  |  Esporte  |  Informática  |  Internacional
Busca em

  
35 Notícias