| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Unorp Notícias
Desde: 23/10/2001      Publicadas: 35      Atualização: 15/11/2001

Capa |  Cidades  |  Cultura  |  Economia  |  Esporte  |  Informática  |  Internacional


 Cultura

  29/10/2001
  0 comentário(s)


Atividades físicas apropriadas beneficiam gestantes

A atividade física é hoje uma alternativa aconselhável para muitas mulheres grávidas. Além dos inúmeros benefícios físicos, o exercício proporciona vantagens psicológicas. Recomenda-se para a gestante a prática de exercícios, porém, não de esportes.

A atividade física é hoje uma alternativa aconselhável para muitas mulheres grávidas. Além dos inúmeros benefícios físicos, o exercício proporciona vantagens psicológicas. Recomenda-se para a gestante a prática de exercícios, porém, não de esportes.
Durante a gestação, o corpo da mulher passa por alterações fisiológicas como alteração hormonal, alteração de peso e pressão arterial, alteração na circulação periférica, incremento da freqüência cardíaca e mudanças posturais. Todos esses fatores devem ser levados em conta na hora de escolher a atividade física a ser praticada.
Segundo Cátia Brigato Ferraz, personal trainer, existe uma série de atividades físicas conveniente e benéficas para as mulheres grávidas, além do baixo risco à saúde. 'A gestante só iniciará o programa de exercício mediante autorização médica e após ter passado por uma avaliação física com um professor de Educação Física ou um fisioterapeuta. Normalmente, a atividade física é indicada após o terceiro mês de gravidez, quando já ocorreram as principais formações do bebê', explica.
Algumas preocupações devem ser tomadas na hora de praticar os exercícios: a temperatura ambiental e corporal, o aquecimento e o esfriamento, a elevação dos batimentos cardíacos, duração e intensidade do exercício. 'Deve-se dar preferências aos exercícios realizados na água e aos exercícios de baixo impacto, por exemplo, a caminhada. As sessões de alongamento e relaxamento são bem vindas', ressalta Cátia.
A personal trainer lembra ainda que os batimentos cardíacos da mãe não devem ultrapassar 140/150 batimentos por minuto. Outra preocupação de Cátia é com relação às gestantes que levam uma vida sedentária. 'Esse tipo de grávida deve começar os exercícios em ritmo mais lento e avançar de forma gradual, evitando assim um estresse físico para a mão e para o bebê', lembra.
As futuras mães não devem buscar na atividade física uma melhora na performance e sim um bem estar físico e mental. Para que isso ocorra de maneira segura e prazerosa, a gestante deve exercitar-se sob cuidados e orientações de um professor de educação física e alcançar seus objetivos, sem prejudicar o futuro bebê.
  Autor: José Alexandre


  Mais notícias da seção Bem Estar no caderno Cultura
06/11/2001 - Bem Estar - Homens...Vaidosos ou não ????
A vaidade não pertence apenas ás mulheres. Hoje os homens também se preocupam com a aparência e estar na moda é fundamental para quem quer entrar nas estações quentes do ano....



Capa |  Cidades  |  Cultura  |  Economia  |  Esporte  |  Informática  |  Internacional
Busca em

  
35 Notícias